fbpx

5 Benefícios da Implementação de um MaaS no seu Ativo

A computação baseada em nuvem já penetrou no mercado há muito tempo, tanto os fornecedores quanto as indústrias já utilizam aplicações baseadas no monitoramento remoto, agora chegou a vez de potencializar a linha de produção com os chamados MaaS (Maintenance as a Service) ou como está sendo chamado no Brasil: Manutenção como serviço.

Apesar de novo, o termo reflete o que já vem sendo aplicado a pelo menos 30 anos em grandes empresas, de modo que já foi validado que a Manutenção, seja ela Preventiva, Preditiva ou Prescritiva (entenda as diferenças de cada uma delas aqui), é uma peça fundamental para uma empresa lucrativa uma vez que elas impactam diretamente no bom funcionamento dos ativos, fazendo com que reduza a presença da tão custosa manutenção corretiva.

Em um contexto extremamente dinâmico e com uma infinidade de dados disponíveis, fornecedores de máquinas estão cada vez mais oferecendo serviços personalizados e mais abrangentes para seus clientes, de modo que as MaaS surgem para entregar soluções fundamentalmente novas – digitais, conectadas e flexíveis – que antes não eram tangíveis.

Com o desenvolvimento tecnológico, sensores cada vez mais potentes e conectados possibilitaram a criação de um banco de dados riquíssimo, garantindo escalabilidade, confiabilidade e qualidade do serviço. A realidade é que a MaaS veio para revolucionar a relação entre fornecedores e consumidores.

Agora que temos uma ideia da importância dos chamados MaaS, chegou a hora de entender os benefícios da sua implementação:

1) MaaS são oferecidos como sistemas de assinatura.

Os Ativos são implementados e utilizados nas indústrias, porém com a transformação digital a contratação de serviços em nuvem tem se mostrado como uma tendência extremamente vantajosa, pois possibilita o acesso à inúmeros recursos que as organizações não possuíam internamente.

Manufacture,Machine,MaaS

A Melhor maneira de se obter esses serviços tem se mostrado a contratação de um SaaS (Software as a Service), que é uma ferramenta geralmente oferecida no modelo de assinatura, uma vez que, seu monitoramento é constante. Ou seja, a plataforma consegue fornecer feedbacks diários sobre a saúde de equipamentos diretamente para a equipe de manutenção.

Umas das vantagens é que as assinaturas oferecidas são mais baratas do que as opções de manutenção corretiva existentes no mercado, porque se tratando de um serviço não é necessário contratar recursos excedentes.

2) As empresas cobram por aquilo que foi usado.

Através de dispositivos de monitoramento remoto, como por exemplo sensores de vibração ou temperatura, os fornecedores conseguem receber informações precisa sobre o funcionamento de seus equipamentos alugados e serem notificados sobre problemas que precisam serem tratados imediatamente para evitar falhas e custos inesperados.

As empresas podem utilizar um sistema de cobrança “pay per use”, obtendo mais controle sobre o pagamento do cliente final, pelo fato delas cobrarem pelo real uso de seus equipamentos. 

3) Acessível em qualquer lugar do mundo.

Por se tratar de um sistema de computação em nuvem, os serviços estão disponíveis 24/7. Portanto, a MaaS garante a disponibilidade de informações importantíssimas que irão garantir o bom funcionamento dos ativos, como por exemplo uma predição de quebra muito mais assertiva e diagnósticos automáticos.

Cloud,Manufacture,Manutenção

Outra vantagem em se tratando de um serviço MaaS é que as atualizações são constantes e automáticas, necessitando apenas de uma conexão com a internet. Assim, o problema de obsolescência de software se torna algo do passado para as empresas. Por fim, a acessibilidade é facilitada uma vez que com o aumento do uso de dispositivos móveis no ambiente de trabalho esse serviço se torna ainda mais eficaz.

4) Escalabilidade.

Ao contratar a manutenção a partir de um SaaS, é possível escalar os recursos de acordo com sua demanda, ou seja, em uma linha de produção industrial ou mesmo em uma série de máquinas de um mesmo fornecedor percebe-se que a quantidade de ativos não é um fator limitante para o uso de um SaaS.

Outro fator que está relacionado à escalabilidade de um SaaS é a sua versatilidade  diante de mudanças de cenários, por exemplo caso a demanda por serviços seja aumentada é possível fazer a mudança para pacotes mais abrangentes ou reduzindo o serviço caso sua necessidade diminua.

Manutenção,MaaS,SaaS,Nuvem

5) Maior segurança dos dados em nuvem.

O armazenamento de arquivos na nuvem, ou cloud computing, apesar de já estar no mercado há um bom tempo, ainda sofre certo tipo de preconceito quanto a sua funcionalidade e, principalmente, quanto a segurança.

Apesar de muitas pessoas acreditarem que a nuvem é um lugar pouco seguro para armazenar documentos devido a preocupação de vazar algumas dessas informações. O cenário atual de cloud computing já está muito avançado em questões de criptografia de dados, muitas vezes até mais seguros que os próprios servidores internos das empresas. A AWS Cloud da Amazon, por exemplo, é responsável por garantir a segurança dos dados da NASDAQ, a bolsa financeira de Nova York.

As soluções de Maintenance as a Service já é realidade no cenário da tecnologia atual, e existem diversas formas de fazer a implementação desse serviço na sua empresa, algumas delas, bem rápidas e fáceis. Se deseja conhecer mais sobre essa tecnologia entre em contato.

 

Entre em Contato