fbpx

Manutenção Preditiva Estende a Vida Útil de Equipamentos em até 5 Anos

O blog A Voz da Indústria publicou um caso sobre a manutenção de equipamentos de controle de fluxo, fundamentais dentro da indústria. No texto, José Luiz Bastos, gerente de operações da SomaFlux, empresa especializada no ramo de manutenção de equipamentos para controle de fluxo (compressores, bombas de vácuo e sopradores), traz alguma dicas importantes sobre a manutenção de bombas de vácuo.

“O primeiro passo é realizar a manutenção preventiva no período adequado. Todo equipamento possui componentes que possuem uma vida útil, e o especialista diz ter observado ao longo de sua carreira que muitas empresas acabam por estender  o período destes itens tanto para a sua manutenção quanto troca, com o intuito de conter gastos. Contudo, a médio prazo os custos com reparos e até com a substituição de componentes acabam se tornando ainda maiores devido aos danos estruturais que todo o conjunto pode vir a ter”

O gerente de operação também fala a respeito das palhetas lubrificadas, que segundo ele são o “coração” do sistema e um dos componentes mais caros. Dessa maneira é fundamental que a troca de lubrificantes e filtros seja feita nas datas corretas. Por ano, estima-se que esse processo seja feito de 4 a 5 vezes. Seguindo à risca esta receita a SomaFlux conseguiu aumentar o tempo de vida útil das palhetas para até 5 anos, isto levando em consideração a maioria das bombas que possuem palheta de fibra ou outros componentes de desgaste.

Além da troca dos itens consumíveis, é indispensável fazer as inspeções de máquinas nos intervalos de troca, monitorar se as peças das bombas estão trabalhando no melhor de suas performances e verificar se a máquina está trabalhando na temperatura correta, sem vazamentos de óleo e com a vazão adequada.

“Com a performance correta, os equipamentos funcionam de maneira muito mais produtiva. Vamos exemplificar, o ciclo de uma máquina embaladora a vácuo para salsicha, que é a maior demanda dentro dos principais abatedouros, é de 9 segundos no total com 12 kg embalados a cada ciclo, para esta máquina funcionar são necessários até 3 equipamentos (2 bombs de palheta e 1 acelerador de vácuo), porém encontramos equipamento  trabalhando com 20 segundos por ciclo, devido à baixa produção de vácuo por falha de manutenção,  com isso perdem em torno de 3 ciclos por minutos. Fazendo uma conta simples isso daria uma perda de 36kg / minuto ou projetando um ano de trabalho, as perdas poderiam chegar a 11 toneladas, vamos ver quando isto representa: Vamos imaginar que se tiverem um lucro de R$ 0,50 / quilo e como, no exemplo, estão deixando de ganhar mais de R$ 5,5 milhões de reais por ano. Este exemplo é um retrato fiel do que nos deparamos muitas vezes na indústria”, diz o especialista. E por fim, completa, o ideal é sempre contar com profissionais habilitados ou empresas e startups especializadas para esta atividade.

Fonte: https://avozdaindustria.com.br/gesto/manuteno-preditiva-estende-vida-til-de-equipamentos-industriais-em-5-anos

 

 

1 Comment

  • AffiliateLabz
    Posted 21/02/2020 15:01 0Likes

    Great content! Super high-quality! Keep it up! 🙂

Leave a comment