ISO 50001: O que é, benefícios e como tirar o certificado

Tempo de leitura: 8 minuto(s)

Compartilhe este artigo

banner-ISO 50001: O que é, benefícios e como tirar o certificado

O que é a norma ISO 50001 e para que serve?

A ISO 50001 é uma norma internacional desenvolvida pela International Organization for Standardization (ISO) que estabelece requisitos para a criação, implementação, manutenção e melhoria de um sistema de gestão de energia (SGE).

O objetivo por trás dessa certificação é ajudar as organizações a estabelecerem sistemas e processos necessários para melhorar o desempenho energético, incluindo eficiência energética, uso e consumo de energia.

Vamos a um exemplo prático: imagine uma fábrica de embalagens que implementa a ISO 50001 e começa a monitorar seu consumo de energia em tempo real, com uso de sensores avançados.

Ao detectar picos, a fábrica ajusta seus processos de produção para horários de menor consumo, resultando em uma redução de custos energéticos e melhorando a qualidade de energia.

Já pensou o impacto que isso pode ter na competitividade do negócio? Implementar a ISO 50001 não só reduz custos, mas também aumenta a sustentabilidade e a eficiência operacional.

Falamos de pontos-chave para o sucesso da sua organização.

Reduza custos energéticos. Converse com um especialista!

Benefícios da certificação ISO 50001

Redução de custos

A implementação de um Sistema de Gestão de Energia (SGE) baseado na ISO 50001 pode resultar em economias significativas — que se traduzem especialmente na conta de luz.

Retome o exemplo anterior, da fábrica que adotou a norma e começou a monitorar rigorosamente seus padrões de consumo energético.

Ao identificar equipamentos ineficientes e processos (ou máquinas) que consomem mais energia do que deveriam, a empresa tem toda inteligência de dados em mãos para saber exatamente como ajustar suas operações.

É uma ação proativa de manutenção preditiva, que pode impactar positivamente toda rotina de trabalho — e os custos associados. 

Tal economia poderia ser reinvestida em inovação e melhoria de processos.

Mas não se trata apenas disso:

De acordo com artigo da UFSC publicado na Brazilian Business Review, se 50% do setor industrial adotarem a gestão da ISO 50001, a economia de energia poderá atingir o equivalente a 210 milhões de veículos de passageiros removidos das estradas.

Melhoria da eficiência energética

Já falamos do impacto nos seus esforços por maior eficiência energética?

A certificação atua como um trampolim para medidas mais sustentáveis, incentivando uma utilização mais racional e eficaz da energia.

Mas como isso funciona na prática?

É que a norma exige um monitoramento constante e uma análise detalhada do consumo energético, o que permite identificar pontos de melhoria.

E aqui, a tecnologia é uma grande aliada.

Por exemplo, a solução Energy Trac auxilia no monitoramento e análise do consumo energético em tempo real, impulsionando a inovação tecnológica na gestão de energia. 

Assim, é possível comparar o consumo entre setores e ativos, criar métricas personalizadas de eficiência e receber alertas instantâneos sobre anomalias.

Conformidade regulamentar

A certificação ISO 50001 pode ser um grande aliado para as empresas cumprirem regulamentos e leis ambientais, evitando multas e penalidades.

No Brasil, ter o certificado facilita a conformidade regulatória com diversas normas, como a Lei 12.187/2010, que exige auditorias de eficiência energética e a implementação de medidas para reduzir o consumo de energia e emissões de gases poluentes.

Além disso, o Decreto 7.747/2012 estabelece metas claras para a redução do consumo de energia, alinhando-se perfeitamente com os objetivos da ISO 50001.

O Plano Nacional de Mudanças Climáticas (PNMC) e a Política Nacional de Meio Ambiente (PNE) também se beneficiam da adoção de um Sistema de Gestão de Energia, promovendo um desenvolvimento sustentável e a redução de emissões.

Para empresas automobilísticas, inclusive, ajuda a cumprir com as diretrizes definidas na Rota 2030 (agora, renomeado para Programa Mover).

Responsabilidade ambiental

A ISO 50001 está diretamente alinhada com práticas de ESG (Environmental, Social, and Governance), promovendo sustentabilidade e responsabilidade ambiental.

Mas como isso realmente funciona?

A norma exige a implementação de sistemas de gestão de energia eficientes, reduzindo o consumo e as emissões de carbono.

Essa prática não apenas melhora a pegada ambiental da empresa, mas também atrai investidores e clientes preocupados com a sustentabilidade.

Quer um exemplo prático?

Ao adotar a ISO 50001, uma empresa pode demonstrar compromissos ambientais concretos, como por exemplo, a redução de 25% no consumo de energia em um período de três anos.

Conquistar essa meta é um tremendo milestone, capaz de impactar positivamente na reputação da empresa e mostrar sua transparência e responsabilidade.

Como tirar a certificação ISO 50001

Para conseguir a certificação ISO 50001, é essencial seguir um passo a passo simplificado do processo, adaptado à realidade e ambições do seu negócio.

A jornada varia bastante.

Por exemplo, uma mineradora enfrenta desafios energéticos muito mais complexos do que uma metalúrgica de médio porte.

O importante é entender que, muito provavelmente, sua empresa escolherá uma consultoria para auxiliar nessa jornada. Aqui, elencamos os principais e mais comuns requisitos para obter a certificação ISO 50001:

Passo a passo para tirar a certificação ISO 50001
Passo a passo para tirar a certificação ISO 50001
Gestão inteligente de energia ao seu alcance. Marque uma demo!
  1. Prepare a empresa: Entenda a norma e envolva todos os membros da organização.
  2. Analise lacunas: Identifique os gaps entre suas práticas atuais e os requisitos da ISO 50001.
  3. Crie um plano de SGE 50001: Desenvolva um plano de ação para resolver as lacunas identificadas.
  4. Forme uma equipe dedicada: Aponte um time para supervisionar o plano e garantir sua implementação.
  5. Treine a organização: Capacite todos os membros da organização nos requisitos da norma.
  6. Documente o plano de SGE: Registre todas as políticas e procedimentos.
  7. Implemente o plano de SGE: Execute os passos e monitore o progresso.
  8. Realize uma auditoria interna: Garanta que todos sigam as políticas e procedimentos.
  9. Prepare-se para a auditoria ISO 50001: Uma auditoria externa será conduzida por um avaliador certificado, é importante estar 100% alinhado com as políticas estabelecidas.
  10. Aplique para receber a certificação: Solicite o selo e forneça toda a documentação necessária.

Vale saber que, após obter a certificação, auditorias externas são realizadas regularmente para mantê-la.

Tipicamente, elas ocorrem anualmente, e auditorias de recertificação a cada três anos, verificando a conformidade contínua e a eficácia do SGE adotado.

Integração da ISO 50001 com um sistema de gestão de energia (SGE)

A boa notícia? A ISO 50001 pode ser integrada com outros sistemas de gestão, como ISO 9001 (qualidade) e ISO 14001 (ambiental), para criar uma abordagem holística de gestão.

Os benefícios são enormes.

Imagine uma indústria que já possui a ISO 9001 e ISO 14001. Ao adicionar a ISO 50001, ela não apenas melhora a eficiência energética, mas também eleva a qualidade e a sustentabilidade dos processos. 

Por exemplo, os dados de consumo energético monitorados pelo SGE podem revelar ineficiências que impactam a qualidade do produto.

Ao ajustar esses processos, a empresa não só economiza energia, mas também melhora a qualidade e reduz emissões.

Essa sinergia fortalece a posição da empresa no mercado, mostrando um compromisso integrado com qualidade, ambiente e eficiência.

ISO 50001: Ferramentas e tecnologias de apoio

Aqui, falamos de uma certificação mundialmente reconhecida e exigida. Logo, não é curto o leque de tecnologias e ferramentas que podem ser utilizadas.

Ao pesquisar, você vai encontrar softwares de gestão de energia e sistemas de monitoramento avançados que podem ajudar na sua trajetória.

No entanto, existe uma solução específica que pode abrir seus olhos sobre o consumo de energia em seu negócio.

Trata-se do Energy Trac, sensor IoT da TRACTIAN, que atua como um verdadeiro ‘drive’ de inteligência de dados para organizações que desejam entender a saúde energética de suas plantas.

Como funciona o Energy trac

Energy trac + CMMS

O Energy Trac é um sensor IoT que monitora em tempo real o consumo energético de suas máquinas (ou de toda sua planta fabril).

Ele captura dados aprofundados sobre cada máquina, os reúne em um sistema de gestão e enriquece sua leitura dos níveis de consumo da empresa.

Porém, muito além de fortalecer sua capacidade de análise, o Energy Trac vai além.

Ele identifica padrões de consumo, compara setores e ativos, e cria métricas de eficiência energética personalizadas.

Além disso, seu sistema integrado com nossa IA detecta e notifica automaticamente sobre qualquer problema elétrico, ajudando a evitar falhas e reduzir custos desnecessários.

É um dispositivo dotado de engenharia à prova de apagões, que atua não apenas lado a lado com seu time de manutenção, mas com toda rotina de segurança do trabalho.

Sua instalação é simples, prática e não invasiva e a solução proporciona uma gestão inteligente dos dados de energia.

Assim, ajuda você a identificar os maiores consumidores e a otimizar o custo de cada operação.

Empresas que adotam essa solução não apenas melhoram sua eficiência energética, mas também garantem conformidade com a ISO 50001 de forma prática e eficaz, transformando controle e eficiência energética em ROI.

Maximize a eficiência da sua planta, otimize o consumo energético. Esteja no controle com Energy Trac e evite o downtime!

Conclusão

E aí, entender como a ISO 50001 pode transformar a gestão energética da sua empresa?

A certificação não só reduz custos, mas também melhora a eficiência energética e garante conformidade com regulamentações ambientais.

Ao integrar a ISO 50001 com outras normas, como a ISO 9001 e ISO 14001, sua empresa pode criar uma abordagem holística de gestão e fortalecer sua posição no mercado.

Considerar obter essa certificação é um passo estratégico para melhorar a sustentabilidade e a eficiência das operações industriais.

Não se trata apenas de economia de energia, mas de um compromisso com o futuro, atraindo investidores e clientes que valorizam práticas responsáveis e sustentáveis.

Então, por que não dar esse passo hoje mesmo?

Conte com a TRACTIAN!

author-Thiago Mochetti
Thiago Mochetti

Engenheiro de Hardware pela Universidad de Castilla-La Mancha da Espanha. Sócio e especialista em desenvolver produtos voltados para o monitoramento de energia elétrica, com o intuito de melhorar o dia a dia da indústria.

Posts Relacionados