Capa post roi-descubra-o-que-e-e-como-usar

Calculadora de ROI: Descubra o que é, e como usar na indústria

Tempo de leitura: 8 min

Você faria um investimento sem saber qual pode ser o retorno? Essa pergunta pode até parecer óbvia, mas serve justamente para dar ideia da importância de uma calculadora de ROI para a indústria.

Mas antes de entendermos o porquê de se calcular o ROI na indústria, precisamos entender o significado dessa palavra. O ROI é uma sigla para a expressão em inglês Return on Investment, traduzido para a língua portuguesa “Retorno sobre Investimento”.

De forma geral, o retorno sobre o investimento (ROI) é um índice financeiro usado para calcular o benefício que um investidor receberá em relação ao seu custo de investimento. Além disso, é normalmente medido a partir da divisão do lucro líquido pelo custo original do investimento. E quanto maior sua proporção, maior também é o benefício obtido.

ROI na Indústria

cálculo de roi

Calcular o ROI é, com certeza, indispensável na indústria de hoje. É um indicador que permite identificar quais valores e o retorno que a empresa está obtendo com base em seus investimentos. E esse cálculo pode ser realizado de maneira abrangente ou específica.

Nas indústrias em geral, os investimentos são parte fundamental das estratégias para crescimento e para outras vantagens competitivas. Quando são aplicados recursos financeiros em um novo investimento, o ROI nos ajuda a entender o resultado gerado a partir desse valor investido. Ou seja, podemos entender se esse investimento está sendo lucrativo ou não.

O ROI é uma relação simples que divide o retorno do investimento pelo seu custo total. É um resultado financeiro expresso em porcentagem, onde se pode comparar a eficácia ou a lucratividade de diferentes opções de investimentos.

Leia mais sobre: Gestão de Contratos e Fornecedores: um guia para gestores de manutenção

Como calcular o meu Retorno de investimento?

Nesse caso, para descobrir como calcular o ROI de uma indústria, é necessário dividir o valor do lucro líquido pelo custo do investimento e multiplicar por 100. O resultado do ROI deve ser representado como uma porcentagem.

Abaixo estão as duas maneiras mais comuns de representar a fórmula do ROI:

  • ROI = (Lucro Líquido / Custo do Investimento) x 100
  • ROI = (Receita – Custo de Investimento / Custo de Investimento) x 100

Qual o valor ideal do ROI?

O conceito de um valor ideal de ROI (Retorno sobre Investimento) é complexo, pois varia de acordo com vários fatores específicos da indústria e da organização. Entender e estabelecer um valor alvo de ROI é crucial para a gestão eficaz de investimentos e para a estratégia financeira global de uma empresa. Aqui estão algumas considerações e etapas para determinar e analisar o valor ideal do ROI:

valor ideal de ROI

E é importante para cada possível investimento se estabelecer um ROI inicial, que projete o que seria uma boa lucratividade. Ou seja, tal investimento só será realizado com premissas de obter um valor definido de ROI.

Assim, a empresa vai estudar com mais extensão certos investimentos e identificar as melhores possibilidades de se alcançar o que se espera como retorno. No meio empresarial, por exemplo, existe um consenso de que um bom ROI seria na faixa de 7 a 10% ao ano, descontada a inflação do período.

Saiba como alcançar disponibilidade máxima dos ativos industriais

ROI e a Manutenção

Muitos associam o ROI (Retorno sobre o Investimento) estritamente às áreas financeiras de uma empresa. No entanto, a análise de ROI se expandiu para além dos departamentos financeiros, mostrando-se crucial para entender o impacto de várias operações na lucratividade geral de uma organização.

Na era moderna da indústria, a Manutenção deixou de ser simplesmente um “mal necessário” para se tornar um pilar estratégico. Isso porque um ROI positivo em manutenção não se traduz apenas em máquinas funcionando, mas em redução de paradas inesperadas, aumento da vida útil dos ativos e otimização da produção.

A capacidade de calcular e demonstrar o ROI da manutenção permite ao gestor justificar investimentos em melhores práticas, tecnologias e treinamentos. Assim, empresas que compreendem e aplicam a análise de ROI na manutenção posicionam-se à frente na competitividade do mercado, garantindo produção de qualidade, alta disponibilidade de ativos e, claro, melhores margens de lucro.

Dessa forma, profissionais de manutenção que dominam o entendimento do ROI e aplicam essa métrica em suas estratégias não apenas otimizam suas operações, mas se tornam peças-chave para o sucesso financeiro da indústria.

Baixe o ebook: Implementação de Projetos 4.0 na Manutenção

A importância do cálculo de ROI em:

Manutenções Preventivas

A manutenção preventiva é um investimento que, embora possa parecer custoso inicialmente, pode proporcionar benefícios tangíveis a longo prazo quando avaliado sob a lente do ROI. Adotar uma abordagem estratégica para manutenção preventiva significa entender que cada real gasto hoje pode economizar muitos mais no futuro.

Considere o seguinte exemplo: Uma empresa que não pratica manutenção preventiva pode ter que enfrentar uma falha inesperada em um de seus maiores equipamentos de produção. O custo imediato de reparo pode ser significativo, sem mencionar o tempo de inatividade, que se traduz em produção perdida e possivelmente até mesmo em penalidades contratuais com clientes por atrasos. No entanto, com uma abordagem preventiva, a empresa poderia ter previamente identificado e corrigido pequenas anomalias no equipamento por uma fração do custo de um reparo de emergência.

Além dos benefícios financeiros diretos, a manutenção preventiva também traz:

  1. Redução do tempo de inatividade: Ao evitar falhas inesperadas, as máquinas ficam operacionais por mais tempo, otimizando a produção.
  1. Aumento da vida útil dos ativos: Equipamentos bem mantidos tendem a durar mais, o que significa que a necessidade de substituições caras é adiada.
  1. Melhoria na qualidade do produto: Equipamentos em boas condições de funcionamento são menos propensos a erros, o que pode comprometer a qualidade do produto.
  1. Maior segurança: Equipamentos defeituosos podem ser um risco à segurança. A manutenção preventiva reduz esses riscos, protegendo os funcionários e evitando potenciais litígios ou penalidades.
  1. Planejamento eficaz: Com a manutenção preventiva, as paradas de máquinas são programadas, permitindo um planejamento mais eficiente dos recursos e da produção.

Em resumo, quando consideramos o ROI, é essencial não apenas olhar para os custos imediatos associados à manutenção preventiva, mas também para os benefícios a longo prazo. E, nesse contexto, fica evidente que uma abordagem preventiva não é apenas uma estratégia sensata, mas também uma decisão financeiramente prudente.

Como reduzir custos com CAPEX e OPEX na manutenção

Manutenções Corretivas

De maneira inversa, entender o cálculo do ROI com base nas manutenções corretivas é importante. Esse resultado vai nos mostrar o quanto o excesso de reparos e de horas de máquinas paradas estão interferindo nos resultados da indústria.
Sabemos que usar essa estratégia por vezes é mais vantajosa em curto prazo, considerando a criticidade de certos ativos, que necessitam estar sempre em operação. Mas entender esse resultado é importante para definir se não poderiam ser usadas estratégias mais assertivas, como soluções de manutenção preditiva.

Despesas com mão de obra e com peças de reposição em corretivas, por exemplo, podem interferir diretamente nos resultados da sua empresa. Isso porque geram custos normalmente não previstos, a partir de intervenções não planejadas. E mesmo que as despesas fiquem previstas de forma estratégica, o ideal é sempre evitá-las ao máximo. Pois ao longo do tempo, com o acúmulo de corretivas, o ROI sempre será negativamente impactado.

Entenda onde estão os gargalos na sua Manutenção

Com o conhecimento da gestão sobre a importância do ROI como indicador financeiro, fica mais fácil aplicar dados na tomada de decisão. E se o foco da Manutenção como setor é buscar a melhor performance e saúde de seus ativos, é necessário encontrar a estratégia financeira que potencialize essa performance, assim como os lucros da empresa.

É necessário entender como as estratégias usadas estão impactando esse índice, para melhor ou pior. E, obviamente, para melhorar esse e outros indicadores, é importante trabalhar na gestão responsável dos recursos como materiais, mão de obra e sistemas de gestão.

Estabelecer uma gestão eficiente na Manutenção é ter em mãos dados relevantes e meios de realizar todas as atividades de forma coerente. Entender as maiores dificuldades do setor é essencial na tomada de decisões. O foco, com certeza, deve estar voltado para um bom sistema de gestão, equipe qualificada, além de estoque adequado de peças de reposição.

Boas estratégias de manutenção na indústria são baseadas em preventivas adequadas, foco cada vez maior em técnicas preditivas e estabelecer as devidas inspeções periódicas, evitando custos com reparos corretivos.

Manutenção e ROI da indústria 4.0

A Manutenção se torna, a cada dia, uma área mais estratégica para o sucesso de qualquer indústria. Como qualquer área, a Manutenção trabalha para contribuir na geração de valor do produto final.

Por isso, conhecer e aplicar o índice de ROI nesse tipo de atividade é entender o quanto, literalmente, todos os recursos utilizados na sua empresa estão contribuindo para melhorar os resultados.

como ter retorno de investimento de acordo com a quantidade de ativos monitorados

E se você quer uma ferramenta para auxiliar o seu cálculo de ROI para manutenção, a TRACTIAN tem uma Calculadora de ROI para Indústrias, para quem quer avaliar o retorno financeiro de seus investimentos em técnicas e ferramentas de manutenção.

Compartilhe este artigo

Compartilhe no FacebookCompartilhe no LinkedInCompartilhe no Whatsapp

Sobre o autor:

Foto do Autor

Luis Cyrino

Consultor e instrutor de treinamentos industriais no Manutenção em Foco, graduado em Administração de Empresas, pós graduado em Engenharia e Inovação e MBA em Gestão empresarial pela FGV. Especialista em Gestão da Manutenção e produção de conteúdo voltados para os setores industriais e do agronegócio.

Linkedin do Autor

Posts Relacionados



Compartilhe este artigo

Compartilhe no FacebookCompartilhe no LinkedInCompartilhe no Whatsapp
smart-trac-chip-blog-Tractian

Está gastando muito com a manutenção inesperada de suas máquinas?

Preencha abaixo o seu e-mail e descubra com o nosso especialista como reduzir esse custo!

Está quase, !

Só precisamos de mais algumas informações: