Capa post manutencao-utilidades-industrial-importancia-diferencas

Manutenção de utilidades: o que é, importância e diferenças

Tempo de leitura: 7 min

Toda empresa precisa de serviços básicos para funcionar. Gás, energia, água. Algumas indústrias precisam mais do que outras e exigem serviços específicos para sua linha de produção ou para processos particulares. É aí que entra o setor de utilidades, essencial para o funcionamento de grandes e pequenas empresas. 

Além de uma instalação adequada, é importante que haja uma boa manutenção nessa área. No entanto, quando se fala de manutenção industrial, raramente se pensa em manutenção de utilidades.

O que são utilidades?

O setor de utilidades é composto por serviços essenciais no dia a dia de casas, instalações e na indústria, como gás, energia e água.

No ramo industrial, inclui: geração de vapor, refrigeração, água quente/gelada, tratamento de água, ar comprimido, sistemas de fluido térmico, etc.

Dentro da categoria de utilidades industriais, existem diversas ferramentas utilizadas:

Ferramentas de utilidades industriais

Qual a importância do setor de utilidades na indústria?

Os serviços de utilidades são imprescindíveis para os processos de uma indústria. Cada empresa estabelece quais são as utilidades precisará implementar na planta, de acordo com cada etapa da linha de produção.

O vapor industrial, por exemplo, é fundamental para processos das indústrias química, têxtil, de papel e celulose, alimentícia e farmacêutica. 

Serve para aquecer ou movimentar partes essenciais do processo. Além disso, pode ser usado para esterilização e hidratação.

É de se imaginar que serviços como esse exigem uma atenção especial na hora que apresentam falhas ou ruídos. É aí que entra a manutenção industrial.

O que é manutenção industrial?

É o conjunto de ações que uma empresa realiza para manter a qualidade e tornar os processos do chão de fábrica mais confiáveis. A ideia é mantê-los em seu ponto máximo de produtividade, evitando e corrigindo falhas.

O objetivo é evitar paradas ou tempo de inatividade de ativos. Portanto, pode-se agir de forma corretiva, preventiva ou adotar uma estratégia de manutenção preditiva.

Manutenção Prescritiva: tudo o que você precisa saber

A escolha do tipo de manutenção é pessoal e  varia de acordo com os diferentes riscos e níveis da empresa. Por exemplo, uma fabricante de peças plásticas pode ter demandas opostas a de uma caldeiraria. No entanto, a prioridade é sempre zelar pela segurança dos funcionários e pela vida útil dos equipamentos.

Qual a importância da manutenção industrial?

A manutenção industrial é essencial para minimizar custos e aumentar a produtividade do chão de fábrica.

Uma manutenção bem planejada, aliada a um bom PCM (Planejamento e Controle de Manutenção), além de garantir sucesso em vistorias periódicas, evita falhas antes que cheguem a prejudicar o processo produtivo da indústria e diminuir corretivas não planejadas.

Plano de manutenção em Excel: entenda por que não usar

Sendo assim, a manutenção industrial tem assumido um papel muito estratégico para empresas de grande ou pequeno porte.

Como a manutenção industrial impacta o setor de utilidades?

No setor de utilidades, o gerenciamento da manutenção industrial é fundamental, e atrasos no reparo de falhas têm consequências caras e demoradas. 

Os serviços de manutenção nas utilities envolvem tanto as operações do dia-a-dia, em manutenções preventivas e vistorias, quanto em situações de emergência como quedas elétricas ou superaquecimentos. 

O tempo de resposta da manutenção é crucial, já que uma falha no setor de utilidades pode representar perigo para toda a planta. Em alguns casos, pode até causar o desligamento parcial ou até total dos ativos até o reparo.

Qual a diferença da manutenção industrial e manutenção de utilidades?

O reparo de utilitários tende a ser mais complicado e trabalhoso do que manutenções em outros ativos. Isso porque algumas utilities envolvem tubulações e cabos subterrâneos, que transportam eletricidade, água, esgoto e gás. 

A manutenção requer escavação e interdição de espaços para alcançar a origem do dano. Isso sem contar com os equipamentos e produtos específicos necessários para reparo.

Por isso, vale o velho lema: melhor prevenir do que remediar. O método mais eficaz é usar uma abordagem preditiva e preventiva para manter as utilidades funcionando em perfeito estado. 

Auditoria na manutenção: qualidade de processos sempre em primeiro lugar

Justamente pelo setor de utilidades ter componentes nem sempre visíveis a olho nu, deve ser feita sempre uma auditoria para assegurar que está tudo dentro do esperado. 

Uma auditoria é uma avaliação feita em determinada empresa ou setor, para averiguar se tudo está de acordo com as disposições planejadas e/ou estabelecidas previamente, se estão adequadas e se há necessidade de melhorias.

A partir disso, é possível assegurar ao cliente que os processos da sua empresa são seguros e confiáveis. Para isso, são usadas certificações como a ISO 9001, reconhecida mundialmente como selo de qualidade na gestão de ativos. Para conseguí-la, é necessário passar por um processo rigoroso onde cada detalhe importa.

ISO 9001: gestão de ativos alinhada com as normas

Como automatizar processos na manutenção de utilidades

Tudo isso parece trabalhoso, não? Entre tantas preocupações para gerir uma empresa, é difícil dar conta de tantos detalhes na manutenção. Felizmente, hoje em dia, existem mecanismos para facilitar o processo de organização e implementação na manutenção de utilidades. 

Sensores IoT, como o Energy Trac, da TRACTIAN, são capazes de monitorar bombas, compressores, bancos de capacitores, painéis elétricos e outros tipos de instalações, identificando falhas no setor de utilidades antes que aconteçam. Muitas vezes, só isso já impede que instalações inteiras tenham de ser interrompidas.

O sensor coleta dados de corrente e tensão trifásica, mas não apenas detecta quando algo está errado. Ao menor sinal de falha elétrica, a plataforma de monitoramento envia alertas automáticos e prescritivos sobre cada modo de falha e arma os gestores de manutenção com rotas de ação para solucionar o problema.

A tecnologia de detecção de falhas TRACTIAN recebeu uma patente da principal instituição patenteadora do mundo; saiba mais

Assim, a equipe evita gastos desnecessários com quebra-conserta ou manutenções excessivas de utilitários caros e complexos.

Quando aliado a um CMMS de qualidade, torna-se um ecossistema preditivo completo e fica ainda mais fácil acompanhar o funcionamento das utilities e garantir que não há nada fora de lugar.

No TracOS™, software de gestão da TRACTIAN, a equipe e gestores de manutenção gerenciam todas as atividades em uma única plataforma completa e integrada que pode ser acessada pelo browser do computador ou pelo TRACTIAN App em tablets ou smartphones, com total mobilidade.

Monitoramento e gestão da manutenção

No CMMS, é possível criar Ordens de Serviço, gerar planos de manutenção, calcular indicadores e os atualizar – tudo isso automaticamente. Além disso, o software se integra ao SAP e outros ERP’s tradicionais de mercado para dar mais mobilidade e previsibilidade ao time.

Uma gestão da manutenção baseada em dados, com monitoramento constante e integração das equipes e informações, é a melhor alternativa para assegurar um serviço de qualidade ao cliente.

Diversos clientes TRACTIAN recebem elogios durante auditorias a respeito de como o software auxiliou na aquisição da certificação. 

A fabricante de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) Conforto, por exemplo, foi (duas vezes) certificada com a ISO 9000 pela eficiência com que gerencia e otimiza processos de manutenção.

A empresa adotou QR Codes para otimizar a gestão de ativos. Agora cada máquina tem um código que a identifica. Basta apontar a câmera do celular para ter todo o histórico de manutenção do equipamento na palma da mão. Com o TracOS™, os líderes de manutenção têm acesso a relatórios calculados e atualizados automaticamente para avaliar indicadores como MTBF, MTTR, MTTA e confiabilidade. Assim podem evitar quebras inesperadas de máquinas.

Saia na frente da concorrência e garanta que o seu setor de utilidades esteja alinhado com o potencial da sua empresa. Fale com um especialista da TRACTIAN e solicite uma demonstração!

Compartilhe este artigo

Compartilhe no FacebookCompartilhe no LinkedInCompartilhe no Whatsapp

Sobre o autor:

Foto do Autor

Lucas Dombroysk

Administrador formado pela FIAP, com mais de uma década de vivência na indústria metalúrgica. É Sales Account Executive na TRACTIAN e especialista em otimizar processos por meio da tecnologia.

Linkedin do Autor

Posts Relacionados



Compartilhe este artigo

Compartilhe no FacebookCompartilhe no LinkedInCompartilhe no Whatsapp
smart-trac-chip-blog-Tractian

Está gastando muito com a manutenção inesperada de suas máquinas?

Preencha abaixo o seu e-mail e descubra com o nosso especialista como reduzir esse custo!

Está quase, !

Só precisamos de mais algumas informações: